A agricultura familiar vem projetando o estado de Santa Catarina para uma posição de destaque a nível nacional. Considerado um grande celeiro na produção diversificada de alimentos perante outros estados, Santa Catarina contribui diretamente com a expansão do agronegócio brasileiro. O estado também se destaca como maior fornecedor de alimentos com origem na agricultura família comercializados nas Centrais de Abastecimento do Estado de Santa Catarina em 2019. O volume catarinense respondeu por 39% do volume total comercializado gerando uma movimentação financeira para o estado de 304,7 milhões de reais. Os produtos de Santa Catarina com maior destaque em volumes de venda na Ceasa/SC no período de 2019 foram: repolho 99%, abobora 77%, banana 75%, maça 70%, cebola 63% e tomate 58%. Mas a produção do estado catarinense é maior que os volumes que passam pelos portões da Ceasa/SC, já que boa parte da produção tem como destino outros estados da federação como Paraná, Rio Grane do Sul e o ENTREPOSTO da capital paulista – CEAGESP, onde de acordo com os dados divulgados pela Ceagesp, em 2018 foram comercializadas mais de 147 mil toneladas de produtos hortifrutigranjeiros oriundos do nosso estado. Segundo José Ângelo Di Foggi, presidente da Ceasa/SC, as Centrais de Abastecimento tem papel fundamental para o Agronegócio. "'É CEASA que se inicia o ciclo de comercialização da cadeia produtiva, principalmente da Agricultura Familiar onde o produtor encontra espaço, estrutura e orientação de mercado para vender sua produção com mais segurança e retorno financeiro,'' destaca.

Fonte CEASA SC

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: CEASA | Acesso restrito