trabalho infantil

Neste final de ano, a Ceasa/SC está realizando uma campanha de conscientização sobre a proibição do trabalho infantil em suas dependências. O objetivo é orientar produtores rurais e comerciantes boxistas, bem como compradores externos, para que não tragam crianças e adolescentes para a central. 

O gerente de mercado Luciano Severo, explica a necessidade de reforçar as ações de orientação e fiscalização nessa época do ano.

"Em dezembro começam as férias escolares, alguns usuários da Ceasa/SC têm dificuldades para deixar os filhos aos cuidados de outras pessoas e acabam trazendo para a central. Muitos produtores e boxistas recebem com reclamação e indignação a nossa orientação, afirmando que sempre trabalharam com os pais na roça. Nosso papel é esclarecer sobre a necessidade de proteção da infância e da adolescência", esclarece Severo.

A campanha envolve a distribuição de material informativo impresso, bem como a comunicação pelos canais digitais oficiais - grupos e listas de transmissão de WhatsApp da Ceasa/SC, redes sociais e site. Em paralelo, os orientadores de mercado estão reforçando a fiscalização nos pavilhões dos produtores e nos boxes. 

Uma vez identificada a situação de trabalho realizado por pessoas menores de idade, os orientadores de mercado da Ceasa/SC abordam responsável pelo trabalhador e fazem cessar a atividade laboral irregular imediatamente. Assim, é registrado um termo circunstanciado encaminhado ao relatada ao Conselho Tutelar municipal e o órgão competente encaminha as devidas providências. 

Uma das ações de fiscalização foi registrada em vídeo e você pode conferi-lo aqui: https://www.instagram.com/p/CXbFnTPMARV/

Informações para a imprensa:
Alícia Alão
Assessoria de Comunicação
(48) 3378-1725
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: CEASA | Acesso restrito