ceasa cesta basica set

A maioria dos alimentos da cesta básica brasileira sofreu aumento de preços em 2020. Nas Centrais de Abastecimento do Estado de Santa Catarina (Ceasa/SC), a alta mais significativa foi do tomate, que subiu 74,7% entre janeiro e agosto deste ano.

No primeiro mês do ano de 2020, o Tomate Longa Vida Extra A Normal Nacional estava cotado a R$ 0,91 o quilo. Em agosto, o preço do produto subiu para R$ 1,59 o quilo. 

O comerciante Carlos Meyer, do box Meyer Comércio de Legumes, explica os fatores que influenciaram nessa alta.

"O custo para plantar o tomate é muito alto. Muita gente parou de produzir por conta disso. A oscilação foi maior por conta da pandemia, os produtores ficaram com receio de plantar. Um exemplo é o do Estado de São Paulo. Tinha a previsão de plantar 500 mil a 1 milhão de pés e plantaram 400 mil pés. Só nessa etapa já deu uma diferença de 600 mil pés em comparação ao que costumavam plantar", justificou o comerciante. 

O segundo produto com maior reajuste foi o feijão, que subiu 66,7%. Em janeiro, a leguminosa estava cotada a R$ 3 o quilo. Em agosto, passou para R$ 5.

Entre as razões para o aumento estão a alta demanda e a produção baixa, na visão do comerciante Gabriel Junckes, do box Cerealista Junckes. 

“Com a pandemia, aumentou o consumo dos produtos da cesta básica. Por exemplo: uma família que comeria um sushi no final de semana passou a fazer o feijão com arroz em casa. Além disso, sensibilizados com a situação das famílias mais carentes, as pessoas e as empresas passaram a doar mais cestas básicas. Tudo isso influencia”, explicou Junckes. 

A boa notícia é que existe uma expectativa de queda nos preços do feijão preto a partir de dezembro. “É quando começa a safra, o que aumenta a oferta e, consequentemente, reduzem os preços”, projeta o comerciante. 

Outro produto da cesta básica com reajuste foi a batata inglesa comum, que registrou aumento de 20%. Em janeiro, estava cotada a R$ 1 o quilo e em agosto fechou por R$ 1,20. 

Arroz teve estabilidade e banana sofreu queda de preços

O arroz - que nacionalmente apresenta alta de 19% segundo o IBGE - não registrou variação de preços na Ceasa/SC. Desde janeiro até julho, o produto é cotado pelo mesmo valor: R$ 4,50 o quilo.

Isso acontece porque não há um grande volume de comercialização de arroz na Ceasa/SC. Atualmente, apenas o box Djeckson faz a venda do produto.

Por sua vez, na contramão dos outros itens da cesta básica, a banana branca apresentou queda de preços. A fruta começou o ano cotada a R$ 2,25 o quilo e em agosto baixou para R$ 2. 

No entanto, a expectativa é que os preços se elevem nos próximos meses, na avaliação da comerciante Marli Marques Machado, do box Machado Comércio de Bananas. 

“A caturra está em falta e a branca vai subir (de preço). Com a estiagem que atingiu o Estado, as frutas estão chegando muito secas. Além disso, muitos produtores perderam o cultivo com o ciclone bomba. Até plantar e colher novamente leva um ano e meio”, justificou a comerciante.

O engenheiro agrônomo e gerente da unidade de Tubarão, André Medeiros, explica que a variação de preços em Santa Catarina está relacionada a três principais fatores: a crise, a pandemia e as condições climáticas no Estado. 

"Na crise, os produtores evitam investimentos. A insegurança do produtor se reflete na alta dos preços. A pandemia começou no final da safra cheia. Com esse cenário, o produtor diminuiu o cultivo. Além desses fatores, Santa Catarina sofreu com estiagem e o ciclone bomba, que prejudicou alguns cultivos", explica Medeiros. 

Esse cenário exige atenção para os meses de verão, quando a demanda de produtos na Ceasa/SC aumenta até 3 vezes, segundo o engenheiro.

Variação de preços de produtos da cesta básica comercializados na Ceasa/SC

Produto JAN (R$ por kg) AGO (R$ por kg) %
Tomate 0,91 1,59 +74,7
Feijão 3,00 5,00 +66,7
Batata 1,00 1,20 +20
Banana 2,25 2,00 0
Arroz 4,50 4,50 -11

Fonte: Ceasa/SC

Informações para a imprensa:

Alícia Alão

Assessora de Comunicação

(48) 3378-1725

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: CEASA | Acesso restrito