ceasa cidasc agrotoxicos

As Centrais de Abastecimento do Estado de Santa Catarina (Ceasa/SC) retomaram no mês de setembro a análise de resíduos de agrotóxicos em frutas, verduras e legumes (FLV) comercializados em suas dependências. O objetivo é proporcionar um alimento mais seguro e preservar a saúde pública, tanto do consumidor quanto do produtor rural.

Nos dias 22 e 23 de setembro, os técnicos da Cidasc recolheram 67 amostras de produtos como morango, maçã, batata doce, repolho, alface, rúcula, banana, ponkan, cenoura, entre outros. A Cidasc faz a coleta dos produtos devido à expertise no Programa Alimento Sem Risco e atua em parceria com a Ceasa/SC estabelecida por meio de um Termo de Cooperação Técnica. 

Os itens foram acondicionados em caixas de isopor e enviados por via aérea para o laboratório Agrosafety, empresa responsável pelas análises e vencedora da licitação para essa atividade. O laudo deve ficar pronto em 15 dias.

A ação havia sido suspensa devido à pandemia do coronavírus e foi retomada em setembro. O monitoramento de agrotóxicos cumpre um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado em 2010 com o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). 

O TAC determina que sejam recolhidas anualmente 120 amostras de produtos para análise. Normalmente, são feitas 10 amostras por mês, mas com a pandemia, o serviço sofreu um atraso. Por isso, a ação contou com uma força-tarefa da Cidasc para coletar 67 amostras este mês. Outras 53 devem ser recolhidas até o fim de 2020 para cumprir a meta anual. 

Em caso de inconformidade com os níveis de agrotóxicos, os produtores ou comerciantes são comunicados. O MPSC apura a irregularidade e orienta para a adequação. Em caso de recorrência, pode ser necessária uma ação civil pública. 

“A medida tem se mostrado benéfica para a população como um todo, pois o percentual de produtos irregulares caiu pela metade nos últimos anos. Em 2017, foram 30% de amostras com inconformidade. Em 2019, foram 15,83%”, observou o engenheiro agrônomo da Ceasa/SC, André Medeiros.

Informações para a imprensa:
Alícia Alão
Assessoria de Comunicação
(48) 3378-1725
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: CEASA | Acesso restrito